O crescimento do Hamburguer e do Hot-dog

Já falamos sobre a história do hamburguer e do Hot-dog, mas hoje vamos falar um pouco depois do período na qual foram inventados. Quem hoje experimenta um hamburguer ou hot-dog, dois dos lanches mais comuns e tradicionais por todo o mundo, não imagina a histórias deles e muito menos que foi muito difícil o processo para se firmarem na sociedade.

A pouco mais de 100 anos atras o Hot-dog e o Hamburguer já existiam, porém eram muito malvistos por parte da sociedade. Os restaurante atendiam uma parcela pequena da população dos Estados Unidos, basicamente quem tinha um bom poder aquisitivo e os trabalhadores da indústria e serviços costumavam levar sua marmita ou se alimentar com comidas muito baratas.
Ambos eram comidas baratas, porém eram considerados estranhos pela alta sociedade, não se sabia ao certo como eram feitas suas carnes e como eram produzidos, então quem tinha uma boa qualidade de vida não se arriscava experimentando um desses dois lanches.

Foi então a cerca de 100 anos atrás que 2 empreendedores se dedicaram a popularizar esses tradicionais lanches.
Na região de Nova York, em 1916, Nathan Handwerker, que era um funcionário em uma barraca de cachorro-quente, decidiu levar o negócio a outro nível. Ele alugou sua própria barraca em Coney Island, pediu ao açougue carnes de qualidade e trabalhou fortemente na publicidade, saindo inclusive às ruas para explicar ao público que o seu cachorro-quente era muito bom e muito bem feito. Diz a lenda que Nathan teve muita dificuldade de conseguir estabelecer seu negócio porque nem mesmo os locatários queriam ter seus nomes associados ao hot-dog, então não alugavam seus espaços para o Handwerker. O Nathan’s, sua rede de hot-dog, se espalhou pelo mundo, sendo a mais conhecida dos estados Unidos.

Na região centro-oeste dos Estados Unidos, em 1921, outro empreendedor passava por uma trajetória parecida com a de Nathan. Billy Ingram, já trabalhava com hambúrgueres, que eram basicamente um pão com uma almôndega dentro e da mesma maneira eram vistos como uma comida da classe operária e não muito higiênica.

Quando preparava a refeição para um cliente apressado, Ingram resolveu achatar a carne com o objetivo de cozinhar mais rápido, e então percebeu que havia melhorado o produto. Ingram também passou a comprar carnes de maior qualidade e investiu em publicidade até em jornais. A lanchonete se transformou em uma das maiores redes de burgers do mundo, o White Castle.

Graças a esse dois empreendedores apaixonados essas duas belezas sobreviveram ao tempo e se desenvolveram até chegarem a nós. A Milk & Mellow produz esses 2 clássicos a 45 anos e colocamos toda a nossa experiencia e história nesses lanches. Venha experimentar esses clássicos em uma de nossas casas ou peça pelo App ou Ifood

Faça seu pedido agora:

Pelo telefone: (11) 4118-7878

Pelo site: http://delivery.milkmellow.com.br/

Ou Baixe nosso aplicativo:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.