Maionese

A Maionese é um dos molhos mais consumidos no mundo. Além de ser delicioso é muito versátil e facilmente encontrado. Pode ser acrescentada na maioria dos lanches ou pode ser acompanhamento de porções como batata frita e chips, cebola frita e até bolinho de arroz, como fazemos por aqui. 

História

A criação da maionese teria ocorrido na França, em 1756, quando o chefe responsável pela alimentação do Duque de Richelieu foi encarregado do banquete pós vitória de guerra. O Duque derrotou os britânicos no porto de Mahon, na atual ilha espanhola de Minorca, por isso o nome “mahonese”, que aqui no Brasil virou Maionese.
Durante a receita o chef preparava um tradicional molho quando notou a falta da nata, que era um dos ingredientes principais. Então ele resolveu substituir o ingrediente por azeite de oliva, e então a maionese era criada.

Apesar desta ser a história mais contada, há outras possíveis origens da maionese, como uma origem mediterrânea anterior à história dos franceses. O Allioli, combinação de azeite de oliva e alho, teria sido a verdadeira origem da maionese, e sabe-se que a receita existe pelo menos desde a época de Plínio, escritor da Antiga Roma.

A receita

Por muito tempo foi muito difícil conseguir chegar nesse resultado porque tentava-se emulsificar o óleo com alho e sal, tarefa extremamente difícil. Porém quando a receita se popularizou, acrescentando os ovos e algo ácido, ficou fácil de se reproduzir em qualquer lugar.
Hoje encontramos inúmeras receitas de maionese. Além das tradicionais industrializadas vendidas nos mercados, algumas marcas também produzem versões com sabores e temperos diferentes, entrando na onda das lanchonetes.

Aqui na Milk & Mellow você encontra aquela maionese raiz, receita especial da casa, e sem economia. Nossos lanches vem com muita maionese, e você também pode pedir a parte para acrescentar ou acompanhar uma de nossas deliciosas porções.

Faça seu pedido agora:

Pelo telefone: (11) 4118-7878

Pelo site: http://delivery.milkmellow.com.br/

Ou Baixe nosso aplicativo:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *